Qual violão comprar?

Novos alunos que estão sem instrumento sempre me perguntam qual violão comprar, preços, modelos, etc. então resolvi listar algumas marcas e modelos de violão que considero um bom custo benefício, preço baixo se comparado à qualidade oferecida. Por mais que o valores possam subir ou descer de acordo com o momento, loja ou negócio, busquei relacionar instrumentos na faixa de 350 até 600 reais.

Se possível leve uma pessoa que já toque violão para testar o instrumento na loja, seu professor ou um amigo mais experiente. De acordo com o código de defesa do consumidor, pelo que estou informado, se você levar o produto da loja o vendedor não tem a obrigação de trocar depois, uma vez que você pôde verificar e escolher o item (algumas lojas tem uma política de bom relacionamento com os clientes e sempre trocam o item, mas isso não é a norma), então vale a pena pensar bem para não correr riscos. Já em compras pela internet a coisa é diferente, você pode devolver o item, trocar ou pedir o dinheiro de volta se for o caso, mas de qualquer maneira eu recomendo sempre colocar as mãos no violão antes de comprá-lo.

Um instrumento quando sai de fábrica ainda não tem alguns ajustes, porque esses detalhes são pessoais, dependem da pegada e preferência de cada músico. Se o instrumento sair da loja trastejando, com as cordas muito altas e desconfortáveis para tocar, não é responsabilidade do vendedor, a princípio. A ideia é que depois de se comprar o violão cada um leve o seu próprio instrumento para um luthier fazer uma regulagem e esses ajustes finos. A mão de obra de um bom luthier pode variar entre 50 e 200 reais (às vezes bem mais), para uma regulagem básica.

Observe se o braço do instrumento não esta empenado, se os trastes estão relativamente alinhados, se não acontece nenhum ruído causado por peças soltas ou descoladas dentro do violão, e veja se as tarrachas do instrumentos mantém a afinação. Outra dica relevante, por mais tentador que possa parecer ter aquele violão pintado de preto, cor de rosa, ou com a cara do Bob esponja, normalmente a tinta é uma maneira prática do fabricante camuflar madeiras de qualidade inferior, procure por instrumentos com madeira à vista.

No caso de instrumentos usados, é ainda mais importante levar alguém experiente para verificar as condições do violão antes de fechar o negócio. Nem sempre instrumentos novinhos em folha são melhores do que os mais velhos, especialmente porque a madeira envelhecida soa melhor, em alguns casos, e a qualidade de matéria prima que era usada antigamente era muito superior que a usada nos dias de hoje. Alguma madeiras estão entrando em extinção, e hoje  muita mão de obra é terceirizada na China ao passo que antigamente a linha de produção era mais artesanal, então muitas relíquias dos anos 60, 70 e até anos 80, estão circulando por aí a preço de banana (se o vendedor não entende o que tem em mãos). Pesquise por aí, e mesmo veja se alguém da família não tem um violão dessa época, às vezes vale mais a pena consertar um bom violão de eras passadas do que comprar uma caixa de plástico chinesa em formato de violão.

Listo a seguir em ordem da minhas preferências, as marcas e modelos mais interessantes. As fotos são ilustrativas, as cores das madeiras usadas e alguns detalhes no design mudam de tempos em tempos, o mais importante é a marca e o modelo no caso de procurar em lojas por aí. Existem diversas outras marcas e modelos a ótimos preços e de boa qualidade, os modelos que listei são alguns que pude colocar as mãos e ouvir e que estão dentro do orçamento de uma pessoa que esta querendo começar sem gastar rios de dinheiro.

Violões corda de nylon

Rozini

Site http://www.rozini.com.br/

RX 210

violao_rozini_rx-210


Yamaha

Site https://br.yamaha.com/pt/products/musical_instruments/

C45

yamaha c45

C40

yamaha c40

C40M

yamaha c40m


Di giorgio

Site http://www.digiorgio.com.br/

Estudante 18

Estudante-18


Eagle

Site http://www.eagle.com.br

DH69

eagle dh69


Gianini

Site http://www.giannini.com.br/

GN-15

gianini 15


Instrumentos para crianças

Normalmente até os 10 anos o trabalho que é feito na educação musical infantil envolve mais elementos de musicalização do que aulas de instrumento, muito embora é possível se ter bons resultados com alunos desde os 6 anos. Acho que de acordo com a idade e tamanho da criança é necessário levar em consideração se vale a pena um instrumento em tamanho menor, muitas vezes em 1 semestre ou menos eles crescem tanto que já tem condições de usar um instrumento padrão.

Di giorgio Picolo

Piccolo

Rozini violão Baby

rozini 2x10


Violões corda de Aço

Nos violões folks e jumbo, violões com cordas de aço, eu tenho percebido uma relação de preço maior para o custo benefício, instrumentos no orçamento mencionado anteriormente (300 a 600 reais)  costumam ser bem piores. Vale ressaltar que muitos iniciantes sentem que as cordas de aço são mais agressivas para a mão, enquanto ainda estão calejando a ponta dos dedos, e nesse caso ter um instrumento com a ação das cordas bem regulada é mais do que um conforto, você realmente pode machucar as mãos se praticar em um encordoamento de aço muito tenso.

Tagima

Site: http://tagima.com.br/

Dallas

TAGIMA DALLAS

Kansas

tagima kansas


Memphys by Tagima (segunda linha da Tagima)

MD18

Memphis by tagima MD-18


Pheonix

Site http://www.phxinstrumentos.com.br/

Western 100 AH GC100

 pheonix guitar

PX199

PX199


Gianini

Site http://www.giannini.com.br/

GF-1R

gianini GF-1R

Não coloco a mão no fogo por nenhuma dessas marcas, não estou ganhando nenhum tostão furado por indicar esses modelos e fabricantes. Acho que devemos investir dinheiro nessas coisas de acordo com o objetivo. Não faz sentido comprar um violão de 2 mil reais para uma criança aprender os primeiros acordes ou pra você tocar em um luau na praia com seus amigos bêbados, ou emprestar seu instrumento pra sua comunidade da igreja descer a mão. Também não acho muito inteligente levar um violão de 5 mil reais pra trabalhar em um cachê que irá lhe render 100 reais. Em um estágio mais avançado ou em um contexto mais sério e profissional sempre recomendo instrumentos artesanais ( no Brasil temos um grande time de ótimos luthiers e fora do país isso é ainda maior) ou marcas mais caras e tradicionais como Fender, Gibson, Takamine, Martin, e mesmo séries mais caras dos fabricantes citados a cima. Vale sempre frisar que preço caro nem sempre se traduz em qualidade, e muito menos na eficiência em servir o propósito do instrumento.

Veja também esse post sobre quais cordas comprar e usar em cada tipo de violão (aço ou nylon).


Aulas de violão, online ou presenciais em na Zona norte de São Paulo, capital. Whatsapp(11)99426-3545

aulas violão zona norte de sp metrô tucuruvi jardim são paulo parada inglesa santana mandaqui tremembé jardim frança santa terezinha lauzane paulista casa verde vila guilherme vila ede vila sabrina vila mazzei agua fria professor de violao professor de violão aula violão crianças